Trata-se de um enfoque rápido dos retratos, histórias e memórias de valentes mulheres, corajosas guerreiras que, ao lado de seus maridos, e em conjunto com a comunidade, honraram e mostraram como ferramentas da solidariedade, da filantropia e da assistência humanitária, o lado humano e a face da justiça social da administração pública.

São relatos de como essas primeiras-damas puderam socorrer, com humildade, mas orgulhosamente, os menos favorecidos, através das mais diversas formas de obras sociais. E, com isto, realizaram, com genuíno amor e dedicação, a nobre missão da inclusão social, criando também, na comunidade, motivação para a conquista de melhores condições de vida e o resgate da cidadania.

São as memórias e os retratos de quantas puderam enfrentar a luta por essa inclusão social de que muitos falam, mas poucos realizam verdadeiramente. As ações e obras corajosas que exigiram muita fé e dedicação em favor da massa anônima dos carentes, das crianças aos idosos, que desconhecem até seus mais elementares direitos como cidadãos.

É também, a história, o pequeno trajeto da vida de cada uma, enquanto primeiras-damas, como justa homenagem e reconhecimento, pelo serviço que prestaram ao povo de São Caetano do Sul. Impulsionadas por sua iniciativa humanitária, elas plantaram a semente da caridade, do amor ao próximo, e imprimiram, com suas corajosas ações e obras sociais, a digna imagem de dar o exemplo e conscientizar a mentalidade do povo para o sentido e o exercício da verdadeira cidadania.

Denise Auricchio
Presidenta
Fundo Social de Solidariedade de São Caetano do Sul


- Nelly Pellegrino

- Aracy Torres Campanella

- Romana Dolores Massei

- Maria Braido

- Maria Dulce Cerqueira Leite

- Ida Martha Dall´Anese

- Avelina Santa Romanelli Tortorello